Balanço mostra perfil de produtos de mestrados profissionais

Capes • 01 de julho de 2019

Mais de 60% dos produtos de mestrandos do convênio firmado entre a CAPES e o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) envolveram o desenvolvimento de processos ou tecnologias que otimizam o trabalho. O dado foi apresentado nesta quarta-feira, 26, em Brasília, durante o segundo e último dia do Encontro Nacional dos Pesquisadores dos Mestrados Profissionais de Enfermagem.

Lucia Nichiata, coordenadora-adjunta de Programas Profissionais de Enfermagem da CAPES, destacou que entre os principais produtos de trabalhos de conclusão de curso estão, ainda, o desenvolvimento de aplicativos (13,3%), atividades de formação profissional de curta duração (10,9%) e a elaboração de material didático e instrucional (9,4%). “São produtos imediatamente aplicáveis”. De acordo com a pesquisa feita por ela, 62,5% dos mestrandos do convênio trabalham com atenção terciária, ou seja, atendimentos de alta complexidade.

Durante a tarde, os participantes do encontro esclareceram dúvidas sobre o segundo edital do convênio CAPES/Cofen, que deve abrir 180 novas vagas em mestrados profissionais de enfermagem no segundo semestre deste ano. Na primeira edição da iniciativa, lançada em 2016, 140 alunos foram selecionados.

https://youtu.be/j9QvK1gG29c

(Brasília – Redação CCS/CAPES)

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES





Notícia publicada pela Capes às 19h04, no dia 26 de junho de 2019, no endereço eletrônico http://www.capes.gov.br/pt/36-noticias/9686-balanco-mostra-perfil-de-produtos-de-mestrados-profissionais


Restrito - Copyright © Edux Consultoria 2012 - Todos os direitos reservados