Secretário da Educação Superior do MEC é nomeado

MSN • 25 de abril de 2019

Por: Renata Agostini

BRASÍLIA - Último cargo vago no primeiro escalão do Ministério da Educação, a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) será ocupada por Ataíde Alves, técnico que já ocupava cargo na pasta desde o governo passado, segundo apurou o Estado.

Responsável pelo credenciamento de novas faculdades, a Seres tem grande visibilidade e, por isso, a indicação para o posto vinha sendo disputada dentro do governo. Inicialmente, o ministro Abraham Weintraub pretendia reconduzir Silvio Cecchi, que chefiou a secretaria no governo Michel Temer, mas o nome encontrou resistências no Planalto. Com histórico de atuação no setor, Alves surgiu como a opção.

O Estado mostrou nesta semana que o Ministério da Educação (MEC) promoveu um “mutirão” nos primeiros meses do ano para acelerar a abertura de novas universidades no País. Pedidos de credenciamento que estavam parados havia anos na pasta foram liberados para análise do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Desde janeiro, o MEC enviou 120 processos de credenciamento de novas Instituições de Ensino Superior (IES) ao conselho. O número é cerca 70% maior do que no mesmo período de janeiro a abril de 2018 e 2017 – quando o ministério encaminhou 71 e 72 processos, respectivamente.














Notícia publicada pelo site MSN no dia 25 de abril de 2019, no endereço eletrônico https://www.msn.com/pt-br/noticias/educacao/secret%C3%A1rio-da-educa%C3%A7%C3%A3o-superior-do-mec-%C3%A9-nomeado/ar-BBWgjIY


Restrito - Copyright © Edux Consultoria 2012 - Todos os direitos reservados