O que é transferência interna e externa de universidade?

Educa mais Brasil • 23 de abril de 2019

Entenda os procedimentos para trocar de curso e de faculdade

É provável que todo estudante em algum momento sentiu vontade de mudar de universidade. A insatisfação com a metodologia de ensino e organização institucional, ou até mesmo com questões mais práticas como a distância gastos envolvendo a graduação, entre outros, são alguns dos motivos para esse tipo de pensamento.

Além disso, em diferentes situações o estudante passa por um processo que reflete em uma vontade de trocar de curso. Para quem tem refletido mudar de faculdade e/ou de graduação, é importante saber o que é transferência interna e externa como uma das opções disponíveis para mudar de faculdade.

O que é transferência interna?

Uma situação bastante comum nas instituições de ensino superior é o caso do estudante que gosta da universidade, mas está insatisfeito com o curso e decide mudar de área. Para não ter a necessidade de realizar o vestibular novamente, uma quantidade de vagas é destinada à transferência interna de alunos.
Dessa forma, o estudante realiza o procedimento da própria instituição para mudar de curso e continuar estudando na mesma universidade. Como o nome diz, é um procedimento interno da faculdade.
Cada instituição possui procedimentos próprios para transferência interna e externa. Por isso, para conseguir transferência interna é importante buscar informações na coordenação do curso e acompanhar o calendário da universidade. Apesar disso, é comum que as faculdades realizem um processo seletivo interno, composto de prova para avaliação dos conhecimentos e análise do histórico escolar.

O que é transferência externa

Já a transferência externa é destinada aos alunos que sentem a necessidade de mudar de universidade. Com o procedimento, é possível trocar de instituição sem precisar realizar o vestibular novamente.
Assim como a transferência interna, nessa modalidade cada instituição adota um tipo de processo para selecionar os alunos. O mais comum é que o procedimento exija apenas a entrega de alguns documentos para comprovar que o estudante já frequenta o ensino superior. Em outros casos pode ser aplicada uma prova para testar os conhecimentos. Mas, não precisa ter medo. O exame não é do nível de um vestibular tradicional ou Enem.

Fonte: E+B Educação | Gabriele Silva












Notícia publicada pelo site do Educa Mais Brasil, no dia 22 de abril de 2019, no endereço eletrônico https://www.educamaisbrasil.com.br/educacao/noticias/o-que-e-transferencia-interna-e-externa-de-universidade


Restrito - Copyright © Edux Consultoria 2012 - Todos os direitos reservados