EaD – Expansão do portfólio e do número de registros de polos

ABMES • 21 de junho de 2018

Por Karen Sawa, Analista da Área de Estudo de Mercado

O Ensino Superior a Distância Privado cresceu significativamente nos últimos anos, onde apresentou um crescimento anual em matrículas de 23,6% (2006-2016), comparado com o desempenho de 3,1% na modalidade presencial, privada, no mesmo período.

Como consequência da mudança e flexibilização do marco regulatório da EaD (Portaria Normativa nº. 11, de 20 de junho de 2017), ocorreu a entrada de novos players no mercado, bem como o aumento do número de polos e cursos. A alta competitividade fez com que muitas IES adotassem promoções para captação de alunos como estratégia. O valor médio das mensalidades dos cursos EaD teve queda de 6% de 2017 para 2018, sendo o valor de referência corrigido pelo IPCA de R$ 270,89¹.

A Hoper Educação realiza diversas pesquisas primárias e secundárias, entre elas, a de mensalidades EaD Brasil. Em consulta, na data de 23.02.2018, ao sistema e-MEC, identificou-se 2.774 registros de cursos EaD, que representa um aumento de 127% em comparação ao ano de 2016; quanto ao número de polos, verificou-se 13.303 registrados, um crescimento de 107% em relação a 2016, visto que neste ano foram identificados 6.440 polos.

A pesquisa de valores das mensalidades EaD levou a análise da Hoper Educação, quanto as práticas que vêm ocorrendo no mercado.

Observou-se que 46% das IES que estão praticando valores promocionais pertencem a algum grupo consolidador, representando 78% do total de cursos identificados com algum desconto ou promoção, evidenciando que esta prática também vem ocorrendo em IES de menor porte, não pertencentes aos grandes grupos. Essas promoções caracterizam-se por isenções na matrícula, primeira mensalidade ou nos três primeiros meses do curso, nestes casos com mensalidades promocionais de R$ 49,90 a R$ 99,00, práticas que chamam a atenção, trazendo a necessidade de uma reflexão quanto a qualidade dos cursos e a sustentabilidade econômica destas IES.

Com a evidência deste crescimento, buscou-se analisar o portfólio de cursos ofertados na modalidade EaD e identificou-se um aumento de registros dos cursos na área da saúde, engenharias, arquitetura e urbanismo, estética e cosmética e gastronomia. Em 2016 havia 98 registros de cursos destas áreas e em 2017/2018 um total de 322, ou seja, um aumento de 229%, com mensalidade média de R$ 500,00. Estes cursos possuem carga horária em laboratórios e são comuns na modalidade presencial.

Além do aumento nos registros destes cursos, verificou-se o registro de novos cursos tecnólogos na área de gestão de serviços jurídicos e notariais, ou com ênfase específica em serviços cartorários, em nove instituições de ensino superior. De acordo com as informações obtidas pela pesquisa realizada pela Hoper, a grande maioria não iniciou a oferta, limitando-se ao registro e-MEC, porém as que já iniciaram, possuem uma mensalidade média de R$ 253,00. Conforme divulgação das IES que já estão ofertando este curso, a atuação dos egressos será na área jurídica, mas com funções administrativas, e nota-se um perfil voltado àqueles que tem interesse em concursos públicos que necessitem de formação superior – preço acessível e curta duração, podendo impactar na captação de alguns cursos correlatos, tradicionais do mercado.

Como visto, estamos vivenciando um momento característico na EaD, com modificações no cenário da modalidade. Portanto destacam-se alguns pontos importantes e que geram insumos para tomada de decisão referente ao posicionamento estratégico por parte da gestão/IES:




(Imagem: ABMES)













Notícia publicada pelo portal ABMES, no dia 21/06/2018, no endereço eletrônico https://blog.abmes.org.br/?p=14126


Restrito - Copyright © Edux Consultoria 2012 - Todos os direitos reservados